Famosos e Suas Motocas

Famosos e Suas Motocas

Poucas coisas na vida são capazes de nos revelar como sendo uma verdadeira paixão, às vezes obsessão, como por exemplo o amor-dos-homens pela motocicleta. Não há mistério a respeito disto. Motocas representam uma combinação peculiar de vários elementos viris: perigo, velocidade, foco singular, retiro, mecânica, ruído e habilidade física.

Muitos homens famosos foram entusiastas das motocicletas, eles combinaram a sua paixão com o modo de agir, música e aventuras. As motocas, foram e são ainda uma saída perfeita para curtir o prazer de estar vivo; os motociclistas sabem o valor que tem uma estrada aberta e o vento em seu rosto e sabem que este sentimento realmente pode nos salvar a vida depois de uma semana difícil no escritório.
Hoje vamos dar uma olhada na relação entre dez famosos homens e suas motocicletas. (reportagem 1/2)
Encontre o famoso que mais se aproxima de seu comportamento e vamos ver quem pode ser o inspirador de nossa próxima viagem! rsrsrs

T.E. Lawrence

"O risco da motocicleta e' como um sentir o sabor do sangue, este sentir o sangue pulsar é melhor do que andar em qualquer animal terrestre (seja um cavalo puro sangue ou um elefante), isto pois a moto possui uma extensão lógica de nossas faculdades, e ainda e' capaz de estimular uma provocação ao excesso, ao risco, conferida pela sua suavidade incansável de ser."  - T.E. Lawrence

T.E. Lawrence, conhecido como "Lawrence da Arábia" foi uma motociclista apaixonado e devoto dos modelos customizados Brough Superior. As Brough Superiores eram consideradas como o "Rolls Royce das motocicletas" e Lawrence sempre possuía um modelo customizado para seu conforto, todas as suas motocas tinham que ser customizadas com a roda traseira menor para acomodar sua altura. Lawrence teve sete Superiores Brough durante sua vida, referindo-se a elas como seus Boanerges (filhos do trovão), e chamando cada uma pelo nome pessoal de George (o primeiro foi George I, o último George VII) rsrsrsr.
 Em 1935, ao dirigir a George VII e aguardando a entrega de George VIII, Lawrence desviou para evitar a colisão contra dois rapazes em bicicletas, assim foi jogado por cima do guidão, e morreu uma semana depois devido aos ferimentos, ele estava com 46 anos. Lawrence adorava pilotar suas motocas de forma rápida e agressiva, ele estava provavelmente a cerca de 100 quilômetros por hora no momento do acidente, esta era a velocidade máxima da moto que a moto podia desenvolver. rsrsrss

 

Marlon Brando

" A idéia de ficar acordado na madrugada sempre me agradou, gosto daquele momento ainda escuro pouco antes do amanhecer... todo o resto do mundo ainda esta dormindo.
Eu sempre fui assim, desde que me mudei para Nova York. Os meus melhores pensamentos, minhas melhores escritas, minhas melhores idéias são sempre na madrugada.
Quando me mudei para Nova York a cidade ainda era segura e eu possuía uma motoca estacionada na rua, você podia deixar ela dormir na rua, pois no outro dia ela ainda estaria la, e durante estes anos eu tive os melhores dias da minha vida... eu produzia muito e as noites de verão eram perfeitas para dar uma volta de motoca usando apenas um Jeans e uma camiseta básica.... quase sempre eu tinha uma garota na minha garupa... quando não... eu achava uma e voltava com ela pro apartamento." 
-- Marlon Brando

Antes de se tornar famoso, Brando cruzava as ruas de Nova York em sua motoca isto durante uma década, todavia quando estava no auge da fama ele se sentia oprimido demais para poder dar uma volta de moto pela cidade, então ele somente podia ir ao Sudoeste para curtir sua motoca, andando pelo deserto por quilômetros sem destino, simplesmente curtindo a liberdade, inclusive a liberdade da opressão da fama.No filme icônico, The Wild One, Brando andava em uma Triumph Thunderbird 6T - 1950 .

Bob Dylan

Em 1966, a carreira de Bob Dylan ia todo vapor, vários de seus álbuns tinha sido de ouro e platina, ele estava em turnê pelo mundo, somado a isto ainda estava prestes a publicar um romance. Sua agenda de compromissos era brutal. O sucesso caia em cima dele como uma onda, uma onda que, talvez o afogaria na fama, se um acidente de moto misterioso não tivesse intervido. Enquanto dirigia perto de sua chácara, perto Woodstock NY , Dylan aparentemente bateu sua Triumph Tiger 100-1964  e sofreu uma lesão na vértebra.
Enquanto aguardava por socorro, para ser levado ao hospital ele teve um longo desmaio. Depois do acidente ele não retornou a turnê por quase uma década. Mais tarde ele diria:
     "Quando eu tive aquele acidente de moto ... Eu acordei e recobri os os meus sentidos, eu percebi que eu estava trabalhando demasiado para um monte de sanguessugas, e eu não queria fazer isso. Além disso, eu tinha uma família e eu só queria ver os meus filhos. O acidente me fez pensar sobre isto. " -- Bob Dylan

Clark Gable

Acima temos Clark Gable posando com sua Harley Davidson 1934 RL.

Rsrsrs sim parece foto publicitária, mas ele realmente tinha uma e devido a fama, também dava suas voltinhas escondido do público.

 

Hunter S. Thompson

Bem amigos, como podem ver mudamos a fonte para descrever esta figura da Historia do Motociclismo. É difícil transmitir em palavras toda a carga emotiva que esta figura traz para a história das motocas... Nós da ANI vamos tentar descreve-lo com suas próprias palavras:

"Quando o cabo do acelerador está torcido no limite do manete, não há margem para erros, nem mesmo os banais, a pilotagem tem que ser uma sintonia perfeita entre o corpo e a mente... e é nestes momentos que ouvimos uma música estranha na mente, quando estamos a própria sorte, quando o medo se torna prazer e podemos sentir a alegria de viver começar a vibrar e tremer todo o nosso corpo. Você mal consegue enxergar 50 metros a frente, as lágrimas secam na face antes de chegarem no ouvido. Os únicos sons são o vento e o rugido ensurdecedor dos escapes flutuando a sua volta.
 Você vê a linha branca e tentar inclinar-se com ela. . . uivando através de uma curva para a direita, depois para a esquerda, e para baixo da colina longa e Pacifica. . . nada mais importa agora, foda-se os policiais......, mas apenas até o próximo trecho escuro e mais alguns segundos na ponta. . .
The Edge. . . "- Hunter S. Thompson, Hells Angels"

O Escritor Hunter S. Thompson ganhou sua fama de motociclista da maneira mais difícil, pilotando sua BSA A65 Lightning , por um ano junto com os Hell Angels. Sua experiência e habilidade de condução em cima de uma motocicleta era notável, soma-se a isto todo o inferno que ele passou ao lado dos Hells Angels.... Mas esta história é uma outra... e pode ser lida no livro de sua autoria: Hells Angels: A Strange and Terrible Saga.

Clint Eastwood

Eastwood era apenas um piloto de fim de semana em sua vida pessoal, todavia ele pilotou inúmeras motocas em diversos de seus filmes. Por exemplo no filme Coogan’s Bluff (Meu nome é Coogan) ele persegue um criminoso pelo Central Park pilotando uma Triumph Bonneville.

 

Charles Lindbergh

Charles Augustus Lindbergh foi um pioneiro da aviação estadunidense, famoso por ter feito o primeiro vôo solitário transatlântico sem escalas em avião, em 1927.

Desde menino sempre foi um entusiasta por motores a explosão. Garoto tímido e quieto desde pequeno pilotava sua motoca Excelsior "X" de 2 cilindros pela cidade. Sempre com uma pilotagem rápida e ousada, chegava a assustar os moradores locais, todavia nunca sofreu um acidente. Ele pilotava como se quisesse voar.

 Buddy Holly e os Crickets

Se há uma coisa que todo vendedor deveria saber e que nunca o fazem corretamente é: Nunca tratar um cliente pela aparência dele rsrsrsrs.

Em 1958, saindo de uma turnê de sucesso e precisando descansar, Buddy Holly e os Crickets decidiram gastar um pouco do dinheiro que haviam arduamente ganho, pensaram em comprar novas motocicletas para a Banda toda. Eles voaram para Dallas e começaram uma pesquisa pelas lojas de motocas locais. Mas os proprietários, sem saber quem eram aqueles rapazotes com cara de Zé-ninguém, tratava-os com desdém, o proprietário da concessionária local da Harley praticamente os empurrou-os para fora! Isto os fez procurar a  Triumph , onde encontraram o que queriam e compraram os modelos mais caros para toda a banda. Os rapazes voltaram para Lubbock pilotando suas motos, mas não antes de parar na concessionária Harley para mostrar seus novos brinquedos.

 

James Dean

Esta foto é uma esperança para todos os nerds adolescentes.

James Dean em sua primeira motocicleta.

 

Óbvio que o "Rebelde sem Causa" tinha uma paixão alucinada por motocas. Ele teve sua primeira moto de verdade aos 15 anos uma CZ 125 ano 1947.

 Ele era o único garoto em sua cidade em Indiana que tinha sua própria moto, e ele a pilotava a todo vapor, chegando a perder dois dentes em uma queda. Os moradores chamavam de "One Speed ​​Dean."

Quando ele saiu da faculdade para continuar a carreira de ator, ele trocou sua amada CZ por uma Royal Enfield de 500cc. Mas ele não iria ficar com esta moto por muito tempo.
Uma manhã ele saiu de sua casa em Indiana para assistir um jogo em Nova York, Dean decidiu pilotar sua Royal Enfield para fazer o trajeto. O problema foi que ele arrebentou toda a moto e a si próprio na volta... rsrrss Então para prosseguir viagem ele a trocou por uma Indian TT. Quando Dean chegou de volta a Nova York, ele levou a moto numa loja para fazer uma revisão, onde Steve McQueen trabalhava como mecânico.

Mais tarde, querendo imitar Marlon Brando, Dean comprou uma Triumph TR5 Trophy, a última moto que ele andaria antes de morrer.

 

Steve McQueen

Não há talvez nenhum homem mais famoso que possa ser associado a motocicletas do que Steve McQueen. Antes dele fazer sucesso como ator, ele era competidor de corridas de finais de semana e teve sua primeira grande vitória com sua primeira moto, uma  Harley usada que ele mesmo mexia na mecânica!
 Mesmo quando o sucesso de Hollywood veio, sua paixão por motocicletas não mudou. E os seus agentes tinham dificuldades em combinar as agendas de shows e cinema para não coincidir com as corridas que ele gostava de acompanhar. McQueen acumulou uma coleção de mais de 100 motocicletas, suas favoritas foram as Indians vintage. Quando o peso da fama crescia e se tornava muito sufocante, McQueen pegava uma de suas motocas Indians e fugia de Hollywood para a estrada aberta.

McQueen gostava de corridas off-road,  e correu numa  Triumph TR6 a famosa corrida da época Baja 1000 Millas (Six Days Teste).


 



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!