A Origem do Pneu De Faixa Branca

 Olá amigos da ANI, hoje vamos falar sobre a origem dos pneus com a faixa branca, a maioria das pessoas não fazem a menor ideia de como surgiu esse tipo de pneu.... Nos nossos bate-papos com a galera a maioria ainda acredita ser um estilo personalizado!

 Os primeiros pneus desenvolvidos para automóveis eram brancos, SIM Isto mesmo! A cor natural da borracha é branca, todavia a borracha neste estado é muito frágil e não aguentava muito a pressão do ar nos pneus, então a BF Goodrich adicionou uma fuligem ((negro-de-carbono ou negro de- fumo, derivado de petróleo)) a borracha, aumentando sua resistência e dando assim a cor preta que nos conhecemos ainda hoje.

A invenção do pneu remonta a mais de um século, a borracha não passava de uma goma “grudenta” para impermeabilizar tecidos... até descobrirem como vulcaniza-la.

 

Aderência não era o ponto forte de um pneu até 1908, quando Frank Seiberling, apresentou a primeira banda (Fuligem aplicada na banda de rodagem) com sulcos, que resultou num pneu com mais capacidade de tração.

 A fuligem criou também uma moda. Antes dela, todo pneu era branco, cor da borracha natural. Depois a fuligem passou a ser usada só na banda de rodagem, devido ao custo. Por isso, só os pneus caros eram inteiramente pretos, o que foi sinal de status até os anos 30. Depois o pneu faixa branca inverteu o jogo e passou a equipar carros sofisticados até os anos 70.

Hoje em dia, poucas empresas fazem o pneu com faixa branca, a maioria que vemos por ai em carros ou motos, a parte branca do pneu pode ter sido colada ou encaixada, alguns especialistas em pneus refazem o pneu para deixar com a faixa branca, mas deixam o pneu mais fraco.



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!