HOT ROAD!

01/12/2012 00:00

HOT ROAD!

Umas das customizações em motocas que exigem muita coragem e audácia, é o Hot Rod.


A origem dos Hot Rods se deu em Los Angeles (em carros), já na década de 30, quando o pessoal costumava fazer corridas com carros modificados. A cultura cresceu e ainda hoje é forte em muitos países, tanto para carros quanto para motos.

Em motociclismo o estilo Hot Rod é a customização extrema de Motos antigas, o que já torna a brincadeira muito mais difícil de se fazer.
Quando nos referimos a Bikes Hot Rod, não é pegar uma Sete-Galo ou um CBzão 400 para customizar, mas sim clássicos como Indians, Triumphs, Harleys de 1950, 60 70 e outras mais raras. Basicamente, toda Hot Rod possui pintura exclusiva e preparação de motor também exclusivo.

Talvez, a exclusividade em si seja o que define uma Hot Rod bem feita. Imaginem como é difícil colocar um motor envenenado, modificado em uma moto com 60 ou 70 anos. São feitas diversas adaptações e até mesmo se faz necessário a criação de suspensões personalizadas, Quadros, rodas e funilaria.

Pelo fato de cada moto ser única, o tempo de execução dos projetos pode demorar de 6, 7 meses ou até 3 anos.
Um modelo HOT ROD é uma moto com cara de mau, barulhenta e potente.


A transformação HOT ROD é considerada como um dos  lados mais  “selvagens” do motociclismo, estilo procurado e feito por proprietários de Choppers. Obviamente, muitas Motos Hot Rods não podem ser legalizadas, então se tornam show bikes, mostrando ao público o que alguns maçaricos e soldas conseguem fazer.

Se você curtiu a cultura do Hot Rods e quer fazer um projeto, fica o aviso que o caminho é longo, e os valores gastos são apenas a primeira parte. Vai ser difícil encontrar bons profissionais que peguem a motoca. Quando você encontrar um cara bom, para começar sua motoca, provavelmente terá que esperar o fim de outro projeto dele. Rsrsss

A elaboração de um projeto assim envolve diversos profissionais que já são muito concorridos. Alguns dos equipamentos utilizados requerem boas técnicas. Com certeza vai ser necessário o uso de torno CNC, máquinas para dobrar aço, solda mig, solda ponto, cromo, maçaricos de corte (muito potentes), e até algum bom contato para importação de peças.

Cada centímetro é único. Os próprios mecânicos que se envolvem na criação gostam de fazer uma motoca totalmente diferente de outra. É por isso dizemos que a transformação Hot Rod em motos é um estilo mais bruto, coisa de gente grande. Você não vai achar peças prontas, não vai ser fácil finalizar tudo e com certeza nunca vai encontrar outra igual.

Não vai ser fácil mesmo, tanto que até para fazer a pintura o cliente precisa batalhar. Não é todo mundo que gosta de fazer pintura com “chamas”, então recorrem ao Pinstripping, coisa rara aqui no Brasil. Pinstripping são aqueles desenhos quase que tribais, feitos manualmente direto no tanque e nas peças da moto.

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!